Crumar

Remodelação e Pintura

5 Dicas Para Remodelar Um Jardim Pequeno

 shutterstock_246613132

Caro leitor,

 

Agora que é Verão, uma amiga pediu-me que remodelasse o pequeno jardim da sua casa de férias. Fiquei entusiasmada e estive a pesquisar. Claro que cada jardim tem as suas particularidades – maior incidência de luz à esquerda, uma parede com janela ali à direita ou uma planta muito antiga mesmo no centro – mas descobri algumas dicas que podem transformar um jardim comum num jardim fantástico.

 

Pré-dica

O truque principal é aproveitar o espaço. Por isso, antes de começar, limpe ao máximo o seu jardim. Ervas daninhas, terra espalhada ou folhas caídas não são bem-vindas. Liberte o máximo de espaço que conseguir, para estar à vontade e seguir as dicas de que mais gostar, sem constrangimentos!

 

Dica 1 – Tapete de relva “faux-grass”

Se não consegue plantar relva verdadeira ou não tem tempo para cuidar dela, opte por um tapete de relva ou “faux-grass”. Torna mais agradável qualquer espaço ao ar livre, experimente! Pode recortá-lo como nesta imagem, ou mantê-lo certinho e direitinho, quadradinho.

 

jardim2

 

Dica 2 – Jardins verticais

Já falei noutro post sobre jardins verticais, mas são tão bonitos, que tenho de falar neles outra vez. E são óptimos para jardins pequenos, pois não ocupam espaço quase nenhum. Há muitas formas de os construir, mas a mais fácil é comprar algumas estacas de madeira, prendê-las criando um xadrez, e pendurar nelas vasos ou latas próprias para plantas (podem ser até latas de café ou de chocolate em pó, com ou sem rótulos, fica ao seu critério). Algo do género desta fotografia.

jardim1

 

 Dica 3 – A magia dos espelhos

Pendure alguns espelhos na vedação ou parede e surpreenda os seus amigos! Este truque irá dar-lhes a impressão de que o espaço do seu jardim aumentou. É que os espelhos dão profundidade extra a qualquer espaço, fazendo-o parecer maior. E dão-lhe tanta harmonia, não acha?

 

 jardim3

 

 Dica 4 – Mini jardim em espiral

Achei este uma gracinha. É tão fácil de fazer! Cabe em qualquer espaço e não é preciso ser-se um mestre em bricolage. Só é preciso terra, algumas pedras e as flores que escolher plantar. Siga o link e veja como é tão simples!

 

jardm4

 

Dica 5 – Jardim para quem não tem jardim

Leu este artigo e ficou com pena de não ter um jardim? Tenho uma ideia para si: e que tal dedicar um cantinho de sua casa a plantas e flores? Se escolher usar um carrinho, até pode movê-lo de sítio consoante as estações do ano e as áreas de sua casa onde bate o Sol.

jardim5

Espero que estas dicas tenham sido úteis e que tenha gostado tanto delas quanto eu. Se tiver mais sugestões, está mais do que convidado a partilhá-las aqui!

3 Maneiras simples de remodelar a cozinha sem fazer obras

 Caro leitor,

 

Há uns meses pensei em remodelar a cozinha. O tempo foi passando e a ideia foi-se com ele, mas agora está de volta. É desta que a remodelo! No entanto, não quero fazer obras complicadas que sujam e demoram, quero algo simples – e já tenho algumas ideias. Se está à procura do mesmo que eu, estas sugestões talvez o ajudem.

 

  1. Pinturas

 

Estou a pensar perder a cabeça e pintar o frigorífico/máquina de lavar e/ou a bancada da cozinha e/ou os azulejos de uma das paredes.

 

Bancadas – É possível pintar-se só um dos lados da bancada, por exemplo, pessoalmente ainda não me decidi. Fiz as minhas habituais pesquisas e encontrei umas que achei uma delícia. Esta, por exemplo, talvez noutros tons.

cozinha1

E parece fácil de fazer. Mesmo que no seu caso tenha portas ao longo de toda a bancada, é possível pintá-las de uma cor diferente ou colocar papel autocolante. Um bocadinho de jeitinho e já está.

 

Frigorífico/Máquina de lavar – Esta foi sugestão de uma amiga. Confesso que fiquei um pouco receosa, mas encontrei algumas realmente bonitas e por que não? Veja esta, por exemplo. Dá muito mais alegria a uma cozinha do que a habitual máquina de lavar monocromática. Se tem filhos pequenos, que tal deixá-los pintá-lo com tintas que saem? Deve ficar bem engraçado e vai ser super divertido!

cozinha2

 

 

Azulejos – Esta é talvez a ideia mais conservadora, mas não é por isso que tem de ser aborrecida. Veja este exemplo, é um miminho, não acha?

 

cozinha3

2 – Objectos de cozinha decorativos

Estou a pensar instalar um suporte para pendurar utensílios de cozinha que raramente utilizo. Gosta da ideia? Pode pintar a colher de pau que já não usa com tinta própria para madeira, pendurar aquelas conchas do serviço de cozinha só usa uma vez por ano ou simplesmente construir um suporte bonito, pintá-lo ou não ao seu gosto e pendurar nele panos de cozinha que sejam demasiado bonitos para estar a uso (em vez de estarem nas gavetas, estão a fazer vista!).

 

3 – E o chão?

 

Já dizia o anúncio que o algodão não enganava. E a verdade é que muitas vezes a cozinha está mais suja do que aquilo que parece, e isso acaba por a tornar menos graciosa. O que se suja mais ou perde mais brilho acaba sempre por ser o chão – tem alguma mossa daquela vez que um copo de vidro se partiu ou algum risco de arrastar algum móvel? Pelo sim, pelo não, faça uma inspecção. Se não quer pintar o chão nem trocar a pedra, que tal comprar um tapete que combine com a sua cozinha? Protege o chão e decora todo o ambiente!

 

O que achou destas dicas? Pessoalmente ainda não sei por qual optar, acho que gosto de todas! Aceitam-se sugestões!

Limpeza depois de uma remodelação

 shutterstock_259402763

Caro leitor,

O tema deste artigo não vai ser tão animador como os anteriores, pois diz respeito a algo que não gostamos muito de fazer: limpezas! Eu, pelo menos, não gosto, e tenho sempre alguém a ajudar-me quando preciso de fazê-las, pois a minha idade já pesa e o meu corpo também se ressente! Mas, se ainda não é o seu caso e precisa de uma ajudinha, aqui estou eu para lhe explicar como fazer uma boa limpeza após uma remodelação e por que razão o deve fazer.

 

O que é preciso para fazer uma limpeza?

 

Para fazer uma boa limpeza é necessário ter à mão os produtos e os objectos certos, neste caso, os panos de limpeza, o produto para o pó, a vassoura, a swiffer, o balde e a esfregona, o detergente, o lava-tudo e o multi-usos.

 

Como fazer uma limpeza numa casa?

 

Depois de se certificar que tem tudo o que precisa consigo, divida esta tarefa em duas etapas. Na primeira, comece por limpar todas as superfícies de madeira com o produto do pó, sempre com a ajuda de um pano. Para as superfícies que não são de madeira, aconselho-o a passar outro pano com o multi-usos. Para as loiças da casa de banho, prefira o lava-tudo, pois é o líquido mais adequado. Na segunda etapa trate do chão. Varra-o muito bem com a vassoura e limpe-o depois com a swiffer, pois esta acaba por eliminar o lixo mais difícil de apanhar. Por último, coloque o detergente num balde e passe com a esfregona no chão de todas as divisões. Mesmo que as remodelações não tenham ocorrido na casa inteira, aproveite e faça uma limpeza total!

 

A importância da limpeza após a remodelação

 

Eu acredito que fazer uma limpeza à casa após uma remodelação é muito aborrecido, ainda para mais quando sabemos que o lixo e o pó vão ser a dobrar. Porém, faz parte do processo e tem mesmo que ser feita. Mas já pensou fazer uma remodelação, não limpar o que sujou e viver numa habitação cheia de pó, sujeitando a sua família a um espaço com ácaros e lixos, portadores de imensos problemas de saúde? Pois é, certamente que não quer isso para si nem para os seus!

Vá, não deixe para amanhã o que pode fazer hoje e coloque já mãos à obra! A limpeza espera por si e a sua saúde agradece! :)

 

Despeço-me com carinho,

Casanova

 

10 dicas para decorar a sua casa

shutterstock_291149168 

Caro leitor,

Confesso que a reforma fez com que tivesse mais tempo para as minhas pesquisas e investigações. E, ultimamente, o tema da decoração tem ocupado tanto o meu dia-a-dia, que até as minhas filhas já me disseram que, assim, ainda tinha todas as vizinhas a baterem à minha porta para me pedir conselhos! Bem, a verdade é que já aprendi imensos truques sobre decoração e tenho a necessidade de partilhar alguns consigo:

 

Dica 1 – Dê cor à sua casa

shutterstock_151235396

 Troque os acessórios antigos por outros com cores mais vivas, alegres e frescas, espalhando-os pelo quarto, pela sala, pela casa de banho e pela cozinha. A ideia é que se sinta sempre bem-disposto quando estiver dentro de casa.

 

 Dica 2 – Escolha acessórios modernos

shutterstock_375777484

 

Para além de acessórios coloridos, aposte nos mais modernos. O toque de modernidade traz também outra luz à sua casa. Mesmo que não esteja habituado a este conceito, vá a uma loja especializada e surpreenda-se com a diversidade que lá existe!

 

 Dica 3 – Crie um equilíbrio de tons nas divisões

shutterstock_157838921

Se, por um lado, deve abusar nas cores, por outro, tenha atenção ao que vai escolher. A junção de todos os tons deve transmitir um equilíbrio saudável à vista. Por isso, veja como é o seu mobiliário, as cores dos sofás, dos electrodomésticos e das loiças da casa de banho, e escolha em conformidade com todas elas.

 

 Dica 4 – Pinte o mobiliário mais antigo

 shutterstock_197958920

Gosta de pintar? Tem móveis antigos a um canto do sótão e está quase a deitá-los no lixo? Não faça isso! Que tal arranjá-los e dar-lhes uma boa pintura? Já reparou que esta pode ser uma óptima ideia para decorar a sua casa? É que, para além de poupar, contribui para a sustentabilidade do planeta!

 

Dica 5 – Atribua um tema às divisões

 shutterstock_397731877

Escolha um tema para atribuir às suas divisões e crie uma decoração baseada nele. Por exemplo, sei de quem espalhou pela casa quadros e objectos decorativos dos anos 50. Gostava do vintage, portanto. E ficou esplêndido, acredite! Faça o mesmo, mas escolhendo o tema que melhor defina a sua personalidade!

  

Dica 6 – Traga a natureza para dentro de casa

 shutterstock_330039425 (1)

Os jardins verticais ou os vasos pendurados nas paredes estão na moda. Eu não os tenho, mas já os vi e sei que ficam mesmo muito bem numa casa! Experimente!

  

Dica 7 – Opte pelo papel de parede

shutterstock_377848450

 O papel de parede, para além de ser prático e fácil de colocar, é também uma óptima forma de decoração. E, como existe imensa variedade de padrões à venda, certamente que não será difícil encontrar o ideal para si.

  

Dica 8 – Cubra as paredes

 shutterstock_279546674

Cubra as paredes com quadros ou objectos interessantes que consiga pendurar. Não deixe as suas paredes despidas, pois, assim, transmitem uma ideia de vazio.

 

 Dica 9 – Inunde as paredes com fotografias

 shutterstock_362141573

Não há melhor forma de decoração do que ter as imagens da família e dos amigos nas paredes de sua casa! Eu tenho e recomendo vivamente!

  

Dica 10 – Faça a sua própria decoração

 shutterstock_188790059

Pinte caixas, ate fitas às cadeiras da sala, borde quadros, faça arranjos florais, dedique-se às rendas, etc. A verdade é que existem imensas formas decorativas que podem ser feitas com as suas próprias mãos!

 Gostou das minhas ideias?

 

Despeço-me com carinho,

Casanova

Dicas para fazer uma remodelação de casa

crumar (2)

 

“Preciso de remodelar a minha casa… mas por onde devo começar?”, é a grande dúvida que cresce nas cabeças de quem tem que fazer uma remodelação de casa em Setúbal, em Lisboa ou em qualquer outra cidade. Mas não precisa de perder muito tempo a pensar em soluções para conseguir fazer esta tarefa de forma simples, rápida e barata!

 

Primeiro que tudo, deve perceber muito bem o que pretende, como o vai fazer e os dias que vai precisar. Planeie tudo com alguma antecedência – aponte todos os pontos num caderno, por exemplo – e, claro, com muita paciência, para que nada fique de fora. Esta é uma forma de organização que lhe pode ser muito útil sempre que pretender fazer uma remodelação de casa. Seja organizado(a) e vai ver que tudo correrá às mil maravilhas. No entanto, quando estiver a estipular os vários pontos, pense nestas ideias-chave:

 

  • Defina quais os materiais que vão ser precisos para a remodelação de casa, consoante o que pretende e a forma como o fará. Se for comprá-los por si, escolha materiais de qualidade, mesmo que os preços sejam um pouco mais elevados;

 

  • Para tornar uma casa mais funcional, não há nada melhor do que criar espaço. Se quiser trocar de móveis, de cama, de armários, etc., compre mobílias espaçosas e que lhe permitam uma grande arrumação. Por exemplo, as camas que suportam gavetões por baixo são do mais prático que existe;

 

  • Uma boa remodelação de casa em Setúbal exige que se saiba aproveitar a luz natural. Afaste os móveis da janela e desimpeça a claridade. Por exemplo, ter uma cozinha e uma sala a receber uma boa quantidade de luz solar é mais vantajoso do que ter os quartos a receber o sol durante a maior parte do dia. Pense que as divisões onde passa a maior parte do seu tempo – exceptuando o horário nocturno – devem beneficiar do sol, até porque, assim, sempre consegue poupar na factura da electricidade;

 

  • Opte sempre por mobiliário que dê para várias funções, pois consegue poupar espaço nas suas divisões. Ter uma casa onde as pessoas podem circular mais à vontade é meio caminho andado para que os seus amigos partilhem consigo o conforto do seu lar. Ainda para mais tratando-se de uma remodelação de casa em Setúbal, a cidade perfeita para se passear e confraternizar à beira-rio.

 

Não tenha a mínima dúvida de que, seguindo à risca estas dicas, pode garantir uma remodelação de casa em Setúbal bastante eficaz e com o resultado que sempre sonhou. Mas deixe-me apenas deixar-lhe um último conselho: se a ideia é fazer uma grande obra, contrate uma empresa e peça-lhe um orçamento com pés e cabeça, tendo sempre muita atenção à relação qualidade-preço que lhe oferece. Por outro lado, se for fazer a remodelação de casa sozinha, por se tratar de algo mais simples, não o faça sem a ajuda dos seus amigos ou familiares! Garanto-lhe que todos vão adorar!

Como poupar numa remodelação de casa

crumar

As poupanças estão na ordem do dia. A vida está mais cara, os ordenados raramente aumentam e o desemprego é um tema bastante recorrente. Por estas razões é que, na hora de se aventurar numa remodelação de casa em Setúbal, deve ponderar várias situações e escolher as opções mais económicas para si.

 

Existem dicas extremamente úteis que pode seguir para conseguir uma remodelação de casa mais barata e com excelentes resultados. A primeira que lhe indico já eu a pus em prática e recomendo bastante: chamar amigos para o/a ajudar! Não há melhor, acredite! Isto, claro, se as remodelações forem simples o suficiente para não precisar de ajuda de profissionais. Pense nisto: uns empacotam, outros arrumam, uns arrastam as mobílias, outros pintam paredes, dois ou três limpam, etc… E o melhor de tudo é que, sendo uma remodelação de casa em Setúbal, ainda podem acabar o dia a passear pelo porto da cidade!

Em segundo lugar, para poupar com a remodelação de casa pode também chamar um técnico multifacetado, ou seja, que saiba fazer de tudo um pouco. Assim, se as suas alterações forem ao nível da pintura das paredes, da canalização ou da electricidade, já fica mais descansado/a, pois sabe que terá uma ajuda profissional garantida. O técnico também será sempre um bom conselheiro para si.

 

E, em terceiro lugar, se os trabalhos forem muito maiores e envolverem mais cuidados, o melhor mesmo é contratar uma empresa para a remodelação de casa. Se o fizer, peça vários orçamentos e regateie os preços. Depois, compare muito bem todas as empresas, tendo especial atenção à sua qualidade e reputação. Atente também aos preços dos materiais e ao valor que cobram pela mão-de-obra. Faça uma escolha acertada, tendo aqui a consciência de que haverá sempre alguma opção mais barata e, ao mesmo tempo, confiável.

 

Na hora da remodelação de casa em Setúbal, saiba como apertar o cinto sem deixar de ter as alterações que deseja. Não é nada difícil, basta ter estas ideias em mente. Até porque, se consegue poupar na sua vida quotidiana, mais facilmente o faz na remodelação da casa que tanto gosta!

Como fazer pinturas interiores

shutterstock_289196939

 

Uma das tarefas mais praticadas em casa são as pinturas interiores e pintura em casas, no geral. A popularidade desta tarefa deve-se, não só ao seu reduzido custo, mas também ao facto de não ser necessário recorrer a pessoas especializadas no assunto para tratar da simples tarefa de pintar as paredes interiores. Qualquer pessoa, sem dificuldades motoras, à partida, tem capacidade para o fazer. Para tal, são somente necessárias algumas dicas e alguma paciência.

O primeiro passo na pintura em casas, mais especificamente ao pintar paredes interiores,consiste em preparar toda a divisão para a pintura. Tudo o que puder ser retirado coloque fora da divisão. Aquilo que não conseguir, como alguns móveis, certifique-se que se encontram devidamente protegidos, preferencialmente no centro da sala, com plástico ou papel. Proteja também o chão, com jornais, por exemplo. Retirar os objetos desnecessários e proteger os imóveis poupará o transtorno futuro de lidar com mobília estragada devido à pintura em casas. Devido à humidade, tanto a pintura de prédios como a pintura de casas, devem ser feitas em alturas de ausência de chuva, sobretudo no Verão.

Tão importante quanto pintar é preparar e limpar as paredes. Não interessa o preço, qualidade ou espessura da tinta – paredes sujas ou esburacadas arruinarão a pintura no futuro, sem sombra de dúvidas. Caso estejam com pó, aplique um pano húmido nas paredes. Caso a parede apresente manchas que não se retiram com água e detergente, convém aplicar uma camada primária de tinta, de forma a tapar as referidas. Se não o fizer, poderão ser necessárias várias demãos de tinta de acabamento. Se apresentarem fissuras, utilize gesso ou betume apropriado como reparação. Depois de seca, aplique uma fina lixa, de forma a remover irregularidades. Não convém forçar demasiado este acto, pois pode danificar a parede.

Se o trabalho de pintar as paredes interiores demorar mais do que um dia, não é necessário limpar os pincéis. Uma forma de os manter frescos consiste em embrulhar o material em papel de cozinha plástico e colocá-lo no frigorífico. Pode parecer inútil, mas irá impedir que sequem durante a noite.

A pintura em casas, sobretudo pintar paredes interiores, é uma tarefa relativamente fácil. A base é a preparação das paredes. Uma parede limpa e regular facilitará uma pintura eficaz e duradoura.

Quanto custa pintar uma assoalhada?

shutterstock_171280655

Quanto custa pintar uma assoalhada? Esta é uma pergunta muito difícil de responder. Muitas vezes, não existe apenas uma única resposta e muitas podem estar correctas. Este valor varia consoante o que se pretende pintar, da forma da pintura – uma ou mais demão – e do tipo de tinta que pretende comprar. Obviamente, todo o processo tem um custo associado, que é totalmente dependente das soluções finais que pretende implementar na sua assoalhada.

É impossível calcular quanto custa pintar uma assoalhada. Assim sendo, caso pretenda, por exemplo, pintar o escritório, terá que efectuar medições e calcular a área das paredes a pintar. A escolha da tinta é também de uma importância máxima – opte por soluções de compromisso ao invés de optar pela solução mais barata! Muitas vezes, as tintas mais baratas não terão uma performance igual à que seria expectável e acaba com o serviço mal feito, ou de má qualidade, tendo que repetir o processo com uma tinta de qualidade superior. Nem sempre no poupar está o ganho…

Por outro lado, qualquer material adicional que tiver que comprar para realizar a empreitada – baldes, pincéis, paletas, rolos, trinchas, fita cola de papel – deve ser somado ao custo da tinta que comprou, de maneira a poder calcular assertivamente quanto custa pintar uma assoalhada. Claro, pressupondo que será você a efectuar o serviço… Caso contrate uma empresa de pintura, ao pedir o orçamento – e sabendo, a priori, as dimensões da parede que vai pintar – poderá determinar, para o serviço que vai contratar, quanto custa pintar uma assoalhada. Note que este preço já inclui mão de obra, que, muitas vezes, encarece bastante todo o processo.

Caso tenha tempo livre e espírito empreendedor, lance-se você mesmo na pintura da sua assoalhada. No final do dia, ficará certamente orgulhoso por olhar para o trabalho feito e com qualidade; poupa alguns euros e, portanto, pode aproveitar para se presentear com um jantar fora – afinal, o trabalho de pintura é bastante cansativo, apesar de aparentar ser fácil! Faça você mesmo ou, se não tiver muito jeito, contrate uma das imensas empresas de pintura para fazer o trabalho por si e fica já a saber quanto custa pintar uma assoalhada!

Sabe quais são os principais serviços prestados por empresas de construção civil?

shutterstock_93376255

Todos nós já tivemos necessidade de recorrer a empresas de construção civil para solicitar orçamentos de reparação ou construção de algo. Contudo, é realmente muito aborrecido andar de empresa em empresa a pedir orçamentos grátis.

Para que se dirija directamente à empresa de obras que lhe interessa, deixamos-lhe uma lista das empresas obras existentes e os principais serviços que oferecem. Solicite orçamentos grátis às empresas correctas!

  • Empreiteiros de construção geral: São empresas obras que se dedicam integralmente a todas as fases da obra, desde a construção inicial até aos acabamentos finais. São ideais para obras de grande vulto ou dimensão, como construção de uma habitação ou finalização de um apartamento.
  • Empresas especializadas em revestimentos e pinturas: Pintores e aplicadores de pladur, papel de parede, cortiça, soalho flutuante, linóleo, cerâmicas e muitos outros materiais que podem ser usados no revestimento de chãos e paredes.
  • Empresas obras de canalização, instalação de gás, montagem de cozinhas e casas-de-banho: Vulgares canalizadores que tratam dos canos, esgotos e fossas sépticas das casas e os instaladores de gás natural, já que, muitas vezes, estas empresas fornecem ambos os serviços. Tratam também da rede de águas dos jardins e terrenos circundantes. A empresa de obras que instala cozinhas e casas-de-banho trata das canalizações desses espaços e reveste ainda chão e paredes, funcionando, simultaneamente, como vendedoras de mobiliário e de loiças sanitárias/de cozinha.
  • Empresas de impermeabilização e insonorização: Para isolar os espaços de águas, humidades e ruídos.
  • Empresas de marcenaria e carpintaria: Tratam das madeiras da habitação, incluindo chãos, portas, janelas, mobiliário e outros componentes.
  • Empresas de serralharia, caixilharia e estores: Arranjam fechaduras, aplicam vidros e janelas, marquises, estruturas envidraçadas, etc. Importa referir que as empresas que aplicam papel de parede, muitas vezes, aplicam estores.
  • Empresas de frio: Dedicadas à venda e instalação de ar condicionados e ventilação e muito requisitadas por cafés e pequenos negócios.
  • Empresas de instalação eléctrica/ telecomunicações: Serão os electricistas que realizam todo o tipo de instalações eléctricas (puxadas de fios para telefone, internet, tomadas e pontos de luz, electrificação de edifícios, divisões e espaços exteriores, etc.).

Saiba que os orçamentos grátis propostos pela empresa de obras normalmente não correspondem ao valor final, porque, durante a obra, os materiais são constantemente alterados e as horas de serviço nem sempre são bem calculadas. Tenha cuidado e exija sempre que a empresa de obras cumpra os orçamentos grátis iniciais.

© 2016 Crumar

Theme by Anders NorenUp ↑